Home - Notícias - Releases
Releases
20/04/2017
Escrito por Comunicação ABIA
ABIA promove a doação de 222 toneladas para o Programa Alimento Solidário

Lançado hoje pela Prefeitura, o programa é resultado da parceria com a ABIA, o Mesa Brasil Sesc São Paulo e a ONG Banco de Alimentos

O prefeito João Doria anunciou hoje, na sede da Prefeitura, o Alimento Solidário, criado em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA). O objetivo do programa é complementar, com doações vindas das empresas associadas, o cardápio oferecido nos equipamentos sociais do município, preferencialmente os que atendem pessoas em situação de rua, além de contribuir para o combate à fome, à desnutrição e ao desperdício de alimentos.

A doação inicial foi de 222 toneladas de alimentos, o que equivale a, aproximadamente R$ 1,5 milhão. Serão entregues arroz, produtos lácteos, biscoitos doces e salgados, bolo, sucos, néctares, café, água mineral, água de coco, achocolatado, leite em pó, cereais, entre outros. Participaram da doação inicial 13 empresas: 3 Corações, Bimbo, Bonduelle, Brasil Kirin, Danone, Kellogg, Mars, Mondelez, Nestlé, Pepsico, Unilever, Vigor e Wow Nutrition.

“O foco é atender pessoas em situação de rua. Essa é a prioridade absoluta nesta etapa inicial do programa Alimento Solidário, que poderá ser expandido futuramente para outras áreas na educação e de atendimento social, mas nesta fase inicial ele é focado exclusivamente para as pessoas em situação de vulnerabilidade”, afirmou o prefeito João Doria, que durante o lançamento ressaltou a importância para a capital de parcerias com as empresas e se colocou à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

O presidente da ABIA, Edmund Klotz, agradeceu a iniciativa das empresas associadas e ressaltou o comprometimento do setor com a responsabilidade social. “ABIA sente-se honrada em participar dessa iniciativa. Nossas empresas estão empenhadas em atender as necessidades do nosso País. É um programa que está apenas começando”, afirmou Klotz.

A ABIA, a pedido do prefeito João Doria, promoveu encontros entre a Prefeitura e representantes da iniciativa privada interessados em contribuir com doações de alimentos para projetos sociais do governo municipal. Em 2016, as indústrias de alimentação doaram mais de 1.596 toneladas de alimentos para projetos sociais. 

Os alimentos terão como destino prioritário equipamentos vinculados à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, como os 83 Centros de Acolhida, beneficiando cerca de 8 mil pessoas em situação de rua. “A necessidade de complementar as refeições servidas nesses equipamentos é muito grande e isso é uma ação vital para atender essa população com dignidade”, disse o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social Filipe Sabará.

O projeto vai destinar as doações das indústrias de alimentos para os equipamentos públicos por meio de dois parceiros: o Mesa Brasil SESC São Paulo e a ONG Banco de Alimentos. A ação social do SESC e a associação civil assumem a responsabilidade de coletar no prazo definido os produtos que serão doados, fazer a triagem dos alimentos e garantir a eficiência da distribuição, seguindo normas da Vigilância Sanitária.

Abram Szajmam, presidente da Federação do Comércio do Estado de São Paulo e presidente do Conselho do Sesc, falou sobre a ação do Mesa Brasil. “O Sesc tem esse compromisso com o social há muito tempo”. Luciana Quintão, presidente da ONG Banco de Alimentos, reforçou a importância do programa Alimento Solidário. “O alimento é sagrado e direito de todos”.

A DSM, fabricante de vitaminas, carotenoides e lipídios nutricionais, entre outros, também representada pela ABIA, é uma das parceiras do projeto. Vai contribuir, em um primeiro momento, com consultoria de informações técnicas nutricionais. Poderá auxiliar na análise e indicação de alimentos fornecidos pelas iniciativas sociais para avaliar quais os micronutrientes são apropriados para cada um dos programas.

ABIA

Fundada em 1963, a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) representa hoje mais de 70% do setor em valor de produção. Sua principal missão é atuar como interlocutora das empresas associadas com instituições públicas e privadas, governo e órgãos internacionais.

As atividades da associação estão voltadas a assegurar uma legislação adequada às constantes evoluções tecnológicas do alimento processado; incentivar o uso de melhores técnicas de produção; promover o fortalecimento econômico-financeiro do setor e estimular o desenvolvimento sustentável da indústria da alimentação no Brasil, com ações focadas e alinhadas às necessidades do consumidor.

Mesa Brasil SESC São Paulo
Ação social e educativa criada em 1994 pelo SESC São Paulo, que atua na diminuição de desperdício de alimentos. Ela conta com 640 empresas doadoras, 860 instituições receptoras, média mensal de 400 toneladas de alimentos arrecadados e cerca de 158 mil pessoas assistidas em 50 municípios. Tem 38 veículos para coleta e distribuição.

ONG Banco de Alimentos

Associação civil fundada em 1998 pela economista Luciana Chinaglia Quintão que atua no combate à fome e ao desperdício de alimentos. A ONG conta com 46 empresas doadoras, 41 instituições sociais receptoras, média mensal de 40 toneladas de alimentos arrecadados e 22 mil pessoas assistidas na capital e Grande São Paulo.





COMPARTILHE
 
VOLTAR