Setor
23/01/2017
Escrito por Comunicação ABIA
O desempenho da indústria paulista de alimentos e bebidas

ABIA apresenta os números de São Paulo em encontro com o governador Geraldo Alckmin

 

Na última sexta-feira, 20 de janeiro, o presidente da ABIA, Edmundo Klotz, esteve no Palácio dos Bandeirantes para uma reunião com o governador Geraldo Alckmin. Acompanhado de Antonio Calcagnotto (líder de Assuntos Corporativos da Unilever Brasil e vice-presidente da ABIA), Klotz mostrou os números da indústria brasileira de alimentos e apresentou o desempenho paulista no setor.

A indústria brasileira de alimentos e bebidas teve um faturamento de R$ 619 bilhões em 2016 e o estado de São Paulo foi responsável por 28,8% desse desempenho. Nas vendas externas, o estado respondeu por 33,4% do total, com US$ 12 bilhões em exportações.

Açúcar e produtos de confeitaria constituem os principais produtos exportados pelo estado, com valor de US$ 6,99 milhões em 2016, seguido por combustíveis, com US$ 6,91 milhões. Alimentos processados ocupam a terceira posição, com vendas externas de US$ 5,1 milhões.

“Números expressivos, que mostram o potencial do estado de São Paulo”, afirmou o governador Geraldo Alckmin, que também perguntou sobre a questão da geração de empregos no setor. “Somos o setor que mais emprega e o que menos desemprega. Em 2010 a indústria tinha, apenas em São Paulo, 379 mil funcionários. Chegamos a 407 mil no ano passado”, disse Edmundo Klotz.

O governador mostrou ainda o equilíbrio das contas púbicas do estado de São Paulo, cujos índices de despesa e receita ficaram, respectivamente, em 102,5 e 102,1 (2015). 

 

da esquerda para a direita: Antonio Calcagnotto, líder de Assuntos Corporativos da Unilever Brasil e vice-presidente da ABIA; governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin; Edmundo Klotz, presidente da ABIA; Marina Mantovani, comunicação da ABIA e Marcio França, vice-governador do estado de São Paulo 

 





COMPARTILHE
 
VOLTAR