Setor
03/08/2016
Escrito por Diário de S. Paulo
Educar para um consumo responsável

Diário de S. Paulo publicou artigo de André Tezza, mestre em filosofia e professor de ética publicitária, que aborda a questão do consumo infantil. Para Tezza, a proibição de publicidade infantil não vai reduzir o quadro de consumo, muito menos educar. Ele credita o consumo de brinquedos exclusivamente à economia: as vendas aumentam em uma situação favorável e caem durante a recessão. A publicidade, na visão de Tezza, apenas direciona o consumo a uma marca específica. Ele acredita que o fim da publicidade infantil, além de censura, ameaça a continuidade de canais televisivos infantis e até mesmo da Turma da Mônica. O articulista conclui seu texto afirmando que a melhor forma de reduzir o quadro do consumo infantil é conscientizar os pais.

Leia mais





COMPARTILHE
 
VOLTAR